terça-feira, 27 de novembro de 2007

O Natal


O natal está aí à porta. Como todos os anos ponho os nossos sapatinhos debaixo da árvore de natal e como é obvio o Spike não é esquecido. A cama dele (como o sr. cão só a utiliza para guardar os brinquedos e mais nada, porque dormir só mesmo no sofá) vai para debaixo da árvore e os presentes para ele ficam lá dentro. No primeiro ano tentou roubar as prendas mál as viu dentro da caminha, mas depois percebeu que não podia mexer e que o dia de as poder "abrir" estava próximo. É uma alegria vê-lo louco de felicidade quando lhe começamos a dár os embrulhos para rasgar. É uma excitação que nos contagia. Abre um e outro e outro e coloca-os em filinha para depois de ter "aberto" todos começar a brincar com os novos brinquedos um a um.
Costuma-se dizer que o natal é para as crianças e o que são eles senão as nossas eternas crianças de 4 patas!

4 comentários:

Marta (Toby) disse...

Spike, tu também tens prendinhas de Natal??? Eu também e adoro aquela alegria de ter a casa quentinha, com pessoas boas, e brinquedos novos. Mas melhor ainda é dar, e eu e a minha dona oferecemos também prendas: à Maggie, uma labradora amiga com quem eu brinco e que eu espero que se torne minha namorada (hehehe), ao Chimbras, um cão abandonado recolhido pela minha avó e que corre que nem um maluco, e ao outro cão que a minha avé acolheu, o Goofy, que já é um bocado velho e tem a mania que manda na minha casa ... Mas a minha dona não põe cama nenhuma debaixo da árvore porque eu nem sequer tenho cama (talvez por a ter roido, quem sabe?) e a minha casota é grande demais para ir para ao pé da árvore (apesar de ter todos os cantos roidos...eu bem tento economizar espaço). Oferecemos prendas também aos amigos de duas patas, que felizmente temos e nos ajudam sempre que precisamos - é que a minha dona não tem carro, só mota, e eu não posso andar com ela de mota, mas às vezes gosto de deixar pelos nos carros dos outros, principalmente quando vamos a um sitio onde eu tenho de subir para um mesa alta e alguem me mexe enquanto eu me lambuzo com biscoitos.
Espero, do fundo do meu coração de cão, que nesta época natalícia muitos corações sejam caridosos e ajudem aqueles cães e aqueles cães esquisitos que miam e têm unhas fininhas. Dava as minhas prendas todas por isso.
Ao, Ao....ok, caim, caim (que ladrar ainda não é a minha especialidade), Toby

Adoro.vos Cães disse...

Olá! cá em casa os nossos cães também recebem presentes de Natal! Vai ser o primeiro Natal do woody connosco vamos lá ver se ele consegue abrir as prendas! hehe
tão engraçado o Spike colocá-las em fila para depois brincar, deve ser uma alegria!

Os cães realmente contagiam-nos na brincadeira,nas alegrias, nos carinhos...

DESEJO UM ÓPTIMO NATAL PARA TODOS AI EM CASA!

e parabéns ao Spike pois parece ter uns donos excepcionais!!

Spike disse...

Olá
Nós também oferecemos prendinhas de natal aos nossos "sobrinhos" (que são os cães dos nossos amigos). No nosso jantar de natal com eles trocamos as nossas prendas e as prendas dos nossos bébés de 4 patas. Onde trabalho foram recolhidos 2 cães (uma cadela e um cão) que foram abandonados e também eles não são esquecidos.
O que mais gostava era que todos os animais por este mundo fora tivessem a mesma sorte que os nossos queridos cães e não me refiro às prendas, refiro-me principalmente em terem amor, carinho, amizade, um canto quentinho para dormirem e comida.
Obrigada por partilharem as vossas experiências e um beijinho cheio de amizade para todos.

SCOTTY disse...

Spike, também adoro o NATAL. Hoje tivemos a fazer a arvore e foi o máximo, a dona põe as bolas e eu roubo...depois veio um ralhete e parei com a brincadeira...com a cauda quase atirei com tudo ao chão...mas agora tenho de esperar pelas prendas ainda não tem nenhuma. Mas eu descubro logo as minhas e é dificil não abrir. No dia fico com todas debaixo do meu nariz e não deixo ninguém mexer. Lambidelas AMIGÃO.