terça-feira, 20 de maio de 2008

Uma lição de vida - continuação

Finalmente chegámos ao veterinário. Entrámos a correr pela clínica com a nossa pequenita ao colo, enrolada numa manta para a mantermos quentinha e procurámos desesperadamente pela Drª. que deixou a consulta que estava a dar para vir ver o que se passava com a Matilde.
Enquanto a observava ia dizendo: "tem a temperatura muito baixa, as gengivas completamente brancas e lamento dizer-vos mas algo de muito mau se passa dentro dela". Estas palavras, até hoje, não saem das nossas cabeças. Era impossível conter as lágrimas, elas caiam dos olhos como bugalhos. Não era possível isto estar a acontecer. Esta querida menina já tinha sofrido tanto, porque razão a vida estava a ser tão cruel com ela? Para além de ter sido abandonada, foi atacada por outro cão que a deixou com ferimentos profundos, ferimentos esses que conseguimos tratar, e agora isto? Porquê? Já chegava de sofrimento! Seria assim tão incomportável ela poder ter um fim de vida feliz, com dignidade, amor e carinho?
Sentimo-nos impotentes, desolados, inconformados e revoltados. A tristeza apoderou-se dos nossos corações. A Matilde tinha que ser operada de urgência e o perigo de a perdermos para sempre estava iminente.

1 comentário:

Adoro-vOS Cães disse...

É mesmo uma história de deixar cair lágrimas =(